sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Etiquetas para Confecção, onde usar e como usá-las?

Hoje vou falar um pouco sobre etiquetas para confecção.
Nossas postagens do Instagram e Facebook desta semana foram relacionadas a este tipo de produto. Você já conferiu? Se ainda não, pode visualizar por aqui mesmo, é só clicar no link abaixo. Mas antes de clicar, não esquece de voltar aqui no blog e terminar de ver esta matéria, que está bem interessante!
Facebook Vitrine Etiquetas e Acessórios
Instagram Vitrine Etiquetas


Então vamos ao que interessa!
Você já ouviu a história por detrás da etiqueta, o por quê dela hoje ser importante para a confecção?
Com certeza sua resposta me dirá que a etiqueta é uma simbologia da marca - Quem a produziu, composição e como cuidar daquela peça, certo?
De certa forma sim, mas você sabe a história do princípio? E como ela é usada nos dias de hoje? Vou te contar um pouquinho sobre cada coisa.

Por volta dos anos 1860 - Charles Worth - costureiro inglês, considerado o pai da alta costura e dos desfiles de moda com modelos do século XIX, decidiu em uma de suas coleções colocar uma etiqueta com seu nome, assinando pela primeira vez uma peça de roupa, onde concebeu uma pequena etiqueta de tecido que fora bordada com sua elegante assinatura e costurada a cada um dos seus modelos. Nascera então a imagem da marca. Esta atitude consagrou o autor e obteve um grande significado para o mercado da moda atual, quando em pouco tempo outros estilistas da época faziam o mesmo com suas peças. Este processo facilitou o ciclo de mudança das suas coleções anuais e em suas vendas.

Charles Worth criou seu próprio marketing e aos poucos suas coleções foram criando bases para a alta costura. Em 1900 a Exposição Mundial deu-se quando suas criações e coleções extravagantes foram apresentadas para o público internacional e assim Paris foi considerada a capital da moda mundial. Dez anos depois, foi criada a Associação Sindical de Costura Parisiense (Chambre Syndicale de la Couture Parisienne) que cuidava de assuntos com direitos autorais onde a alta costura e a criação das etiquetas foram padronizadas.


sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Bordados!

O tema citado hoje diz à respeito de um conceito que se enquadrou muito bem em todos os termos de tendência sendo elas confecção ou produto – o bordado.


Há quem acredita ser uma das grandes pegadas da moda e que ainda durará por muitas outras estações. A variação de segmentação mostra o quanto ela pode ser aplicável. Selecionei alguns modelos voltados para o segmento do calçado, onde alguns são realmente bordados no tecido gabaritado para depois ser aplicado no salto, na gáspea etc. Outros já são patches que podem ser aplicados por meio de termo colantes, transferência ou aplicações.



As composições seguem para tons marcantes e coloridos, onde o básico fica de canto. Essa inspiração começou quando a Gucci apresentou toda uma coleção voltado para este tema em 2016.


Outro exemplo bem bacana são essas blusinhas da Zara com muita transparência e muito charme. Uma fofura e ao mesmo tempo marcante.



Créditos:
Robbie + Co.
My Shoe Bazar - Floral Embroidered Lace Up Chunky Heels
Compre Zara

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Um estudo encorajado sobre a história da arte no sapato.

Nick Adelman é um garoto de 20 e poucos anos que representou com qualidade a história da arte de cada país e segmento representada no calçado feminino de salto alto. Achei muito interessante as explicações dele dentro de cada contexto, sem falar que os desenhos são maravilhosos, cheio de detalhes que impressionam qualquer admirador de arte.
É também uma boa referência para estilistas e desbravadores do meio calçadista.




 
Créditos: Portifólio Nick Adelman

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Um estudo sobre a Indústria 4.0

Ante ontem, dia 25/10, estive presente na palestra realizado pelo SINBI¹:
O Futuro das Coisas –  Encontrando novas oportunidades para as Empresas.
O tema abordado em questão foi a Indústria 4.0. Você já ouviu falar?

O palestrante foi o Prof. Paulo Roberto dos Santos, formado em Automação Industrial, que presta consultoria em Inovação e divulga o novo conceito de Indústria 4.0, que surgiu na Alemanha.
Paulo diz que para as empresas se prepararem não significa sair gastando. É preciso rever estratégia dentro da empresa. É uma evolução que reduz custos.

O Futuro das Coisas está relacionado à:

  • IOT - Internet das Coisas
  • Evolução Industrial
  • Indústria 4.0
  • Bases da Industrialização
  • Oportunidades
  • Caminhos
Pensando assim, nosso celular é um IOT. Se perdermos todos os aplicativos existentes nele, no que ele se torna? Utilizável? O celular hoje é um objeto multitarefa, ele serve pra tudo, até mesmo para atender uma ligação, caso você tenha se esquecido disto! :)

Durante a semana da Indústria, todas os participantes estão recebendo um cartãozinho com sementes pata-de-vaca. Nele costa uma mensagem de preservação ambiental, as sementes e um QRcode que você pode baixar o APP do leitor e visualizar como é preciso cuidar desta planta.
A SINBI teve uma sacada muito legal para isto, e tem muito haver com o tema das palestras. Além do Sindicato apoiar a ideia de sustentabilidade, ele te dá uma amostra do que pode fazer para a sua empresa.

Além de IOT, QRcode, existe também o M2M - Machine to Machine - que nada mais é do que o "Sem Parar" como exemplo, um leitor que informa dados seus para uma nuvem e te libera em poucos segundos, sem interferência humana.
O Cloud Computing é outra ferramenta. Podemos citar o exemplo do "Waze", que está sendo rodado em uma nuvem e tem a capacidade de processamento por meio de IPs sem servidor. Grava seus locais e sugere novos caminhos.
E que tal o BIG DATA, que coleta e monitora informações que realmente importam para as empresas. Ele é obtido para que os insights sejam analisados para se tomar as melhores decisões e estratégias do seu negócio.
Juntamente vem o DATA ANALYTICS que melhora os processos de trabalho e adquire insights sobre tendencia de mercado, comportamento e expectativas dos consumidores.

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Paulo cita exemplos de processadores ARDUINO (que são mais simples, possuem controle via bluetooth/ wifi entre outras facilidades) e processadores RASPBERRY (que são mais potentes - encontra-se na Amazon e no site Alibaba por $ 34). Estas são máquinas de ótimo custo. São IOTs facilitadores.
Ontem na novela Malhação, Jota compra pela internet uma placa eletrônica Berry 4 e conta para Ellen, clica no link para assistir o vídeo: Treço Novela Malhação 27/10/17
Posso citar como exemplo os relógios da SAMSUNG²!
O GEAR S3 Frontier (site no final da matéria), onde você controla as funções por uma borda giratória, como GPS, alto-falante integrados entre outros aplicativos. Ele também foi projetado para atender e rejeitar chamadas sem operar o celular ou fazer recargas. Resistente à água e poeira, além de poder contar com mais de 10000 apps.

Aí você me pergunta, onde isso afeta?
Posso dizer que você já tem uma smart TV, smart Geladeira, até mesmo o Roppo - aquele aspirador em pó com bateria e programável. Você programa o horário que ele vai varrer sua casa, tira os obstáculos do chão, trabalha o dia inteiro fora e quando chega em casa ele já fez todo o trabalho de varredura.

Todo esse sistema de produtos tecnológicos podem afetar:
  • a infraestrutura das cidades;
  • a parte de segurança e vigilância;
  • meios de transporte e monitoramento de frota - ex: UBER;
  • monitores de saúde - facilitadores para tempo de espera em hospitais;
  • segmento industrial - gestão e consumo.
No meio da palestra me lembrei da série Black Mirror da Netflix.
Estima-se que em 2020 teremos mais de 50 bilhões de coisas conectadas, onde 43% da economia mundial estará envolvida com a Internet das Coisas.


Afinal, o que é Indústria 4.0?


Foi daí que surgiu o IIOT - Evolução da Indústria.
IIOT significa a revolução de sensores e equipamentos INDUSTRIAIS.
Quando alguém te perguntar isto, você pode dizer que é a 4º Revolução Industrial. Vamos entender:

1º Revolução Industrial veio com o surgimento do Tear Mecânico.
2º Revolução Industrial veio com o acionamento elétrico para movimentar máquinas. Na época linhas de produção para facilitar o abatedouro de gados.
3º Revolução Industrial veio na década de 70, sendo o CLP - Controlador Lógico Programado - é o facilitador para mudar apenas pelo programa. É a inserção de SOFTWARES em chão de fábrica. A criação de robôs está aqui.
A 4º Revolução Industrial é o Físico Cibernético. É o exemplo citado logo acima, onde um celular sem aplicativos não significa nada.

Até a 3º Revolução houve marcos históricos e transformações. A 4º Revolução está acontecendo agora.

O chamado Indústria 4.0 provém do governo Alemão, que para de ser individualizado e passa a rastrear o produto do início - matéria-prima - até o produto final. É uma recomendação estratégica da integração do espaço físico cibernético com os segmentos do produto.
Os Estados Unidos também fizeram esta sugestão, mas o nome não vingou - Coalização para Manufatura Inteligente.

Antigamente para se fazer um sapato, era preciso você ir à um sapateiro, ele medir seu pé, saber seus gostos e ele fazer um modelo específico para você. Com o tempo, o processo evolutivo precisava de escala. Era preciso ser produtivo e sendo produtivo, os preços abaixavam. Um exemplo de produção em escala foram os carros FORD modelo T, que só eram disponíveis na cor preta, porque sua matéria-prima era barata e tinha secagem rápida. 
Em 1960 teve um alto pico da produção em massa, FUSCAS eram produzidos iguaizinhos. Depois no momento Woodstock houve a individualização. As pessoas queriam ser tratadas distintivamente. As indústrias sentiram então uma forte pressão, mas não conseguiam adaptar-se.
Com o tempo, houve o surgimento de sites de carros, onde você escolhia o produto que sentia necessidade ter no seu carro, mas a fabricação deste modelo demorava em torno de 6 meses para ser fabricado.
Já no ano 2000 muita coisa mudou. Houve globalização, regionalização e personalização.

Já pensou em um produto que escaneie seu corpo e crie peças proporcionais à ele? São IOTs Facilitadoras!
Aí me deparo com a lembrança do filme das Patricinhas da época de 1990, onde a menina tinha a opção de foto das suas roupas já dimensionadas proporcionalmente ao corpo em um "Armário Virtual". Ela deslizava o dedo sobre a tela e realizava combinações. Escolhida a peça e o "armário virtual" selecionava sozinho a roupa para fora do armário.

O Prof. Paulo Roberto fala que o conceito de produção seriada deve ser mantido e o custo também. O resumo de uma Indústria 4.0 são fabricas mais conectadas, com mais materiais disponíveis e mais sustentáveis. 
Essa revolução acontece para melhoria de tecnologias habilitadoras. 

Olha esse exemplo da logística da Amazon.
Houve um facilitador, a prateleira vai até o cara.
Houve aumento da capacidade de armazenamento em 50%. 




Quando você clicava no site da Amazon pra efetuar uma compra, seu produto demorava em torno de 90 minutos para ser despachado. Hoje demora em torno de 50 minutos. Praticamente metade do tempo.

Este outro vídeo representa os robôs colaborativos: Machine Tending
É um maquinário que interage com você e faz tudo sozinho.



---------------------------------------------------------------------------------------

São SI´s integrados. O sistema e TI integra em uma cadeia de valor automatizada. (Integração Horizontal)
E depois a Integração Vertical, onde as máquinas conectadas na internet analisa se está sendo rentável.

---------------------------------------------------------------------------------------

O vídeo abaixo é uma entrevista sobre Manufatura Aditiva, basicamente uma impressão 3D. A manufatura aditiva permite até mesmo a troca de uma ferramenta sozinha e fabricação de peça, com economia de tempo e produtividade.




Olha só que legal esse vídeo da Adidas sobre um sistema criado pela empresa em que o tênis é feito a partir das dimensões do seu pé. Você pisa em um tapete, ele mede e dimensiona o seu pé. O produto demora em torno de 2 horas para ficar pronto. São máquinas de cortes à laser e fábricas de solado. E este produto esta sendo usado a nível comercial na Alemanha.




Outros meios que vêem surgindo são os sistemas de Simulação Digital, aplicados para treinamento, como auto escolas e cursos de piloto de avião. 
E também o princípio da Realidade Aumentada, onde você tem o material e entende a aplicabilidade dele, como abaixo:



--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A pergunta mais feita na palestra foi: E as pessoas, vão se adaptar?

Paulo responde que sim. É uma migração, as pessoas acabam fazendo outras coisas. Hoje em dia os humanos não são mais mão de obra e sim gestores ativos.

A Indústria 4.0 veio para reduzir custos de manutenção e reduzir consumo de energia. Pense em como aplicá-la no seu meio, na sua indústria ou fábrica. Como melhorar seu produto a partir dos campos dessa revolução?
É um tema para estarmos atentos, debater com outras pessoas. São estratégias e ações internas, não se esqueça!

Espero que tenha gostado da matéria. Achei importante compartilhar essa informação. Até mais breve.


¹ SINBI - Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigui.
² Relógio SAMSUNG


quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Pesquisa de Campo

Olá caros leitores,

Estamos promovendo uma enquete para a melhoria da comunicação entre Cliente x Empresa.
A importância desta enquete trata algumas dificuldades que surgem no dia a dia, seja por meio de pesquisa, desenvolvimento de novos produtos, abordagem do comercial, entre outros.
Existe ainda um campo onde você pode nos fazer uma pergunta!
Aguardamos sua colaboração!

Pesquisa de Campo - Conhecendo o Cliente

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

A volta dos CROCs

Se você está lendo esta postagem, me responda:

Você apostaria na volta dos CROCs?

Desde o lançamento dos crocs até hoje, este produto deixou de ser um item fashionista e passou a ser usado por pessoas que trabalham em hospitais e cozinhas, por serem práticos, leves e confortáveis.
Só que a agora, lançado recentemente pela Balenciaga, vieram à tona de uma forma grosseira e provocadora. É o CROCS PLATAFORMA!
A estilista Demna Gvasalia em parceria com a marca Balenciaga lançou no dia 01 de outubro, junto com o desfile um Crocs com 10 centímetros de altura e diversos PINS ou PATCHES. Este produto veio para quebrar o look romântico e delicado do desfile.
O tendência de um "ugly shoes" não se perde. Com certeza continuará e causará muito impacto pelas ruas. A coisa boa disto tudo, é que você pode aproveitar os PATCHES e PINS com relevos e bem robustos, para causar volume a altura no look.


Para se inspirar não espere esta moda vir à tona. Brinque e abuse da sua criatividade. Faça um mix de peças robustas e volumosas. Já pensou em alguma coisa? Tem em mente alguma ideia? Que tal enviar um e-mail pra gente? 

vitrine@vitrine.ind.br
Nós produzimos peças emborrachadas na altura que necessita. Possuímos uma variedade incrível de emborrachados e também fabricamos peças exclusivas!

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Em breve novidades!

Bom dia caros leitores,

venho por meio deste informar que em breve teremos novidades.
A Vitrine Etiquetas está em processo de transformação.
Criamos o Instagram da Vitrine, com o propósito de que vocês acompanhem o que fazemos no nosso dia a dia. Traremos novidades e processos internos, além das pesquisas.
Estamos com dois Facebooks, sendo um voltado para Produtos Promocionais e outro para os demais componentes que fabricamos. Confira:

Instagram Vitrine Etiquetas
Vitrine Etiquetas Promocional
Vitrine Etiquetas e Acessórios



segunda-feira, 15 de setembro de 2014

terça-feira, 9 de setembro de 2014

NOVIDADE no site da VITRINE

Bom dia Leitores,
.... postei um conteúdo sobre ponteiras, e por lá usei as imagens do nosso novo catálogo virtual.

Isso mesmo!
O cliente da Vitrine Etiquetas possui agora acesso direto aos produtos com referências "Vi", lá informamos a medida do produto, a referência exata e a foto de cada modelo.
Bacana né?

Então porque você não clica aqui no post pra saber direitinho como pode fazer pra acessar sem erro o que procura? Muito mais fácil não acha?

Primeiro, acesse o site: www.vitrine.ind.br
                                                                        www.vitrine.ind.br

Depois de carregado, vamos clicar na parte de baixo do lado esquerdo em "Catálogo".

De primeiro instante você já consegue ver os produtos em ordem, mas vamos aprender a buscá-los pela descrição. Olha a foto abaixo:
                                                                  www.vitrine.ind.br/catalogo

No campo de busca você pode colocar o que quiser. Ex: Carrinho, Borboletas, Laços, Cachorros, Ponteiras, Gatinho, Flores, Resina, Strass e por aí vai...

                                                                             www.vitrine.ind.br

Depois de ter anotado tudo o que precisa é só clicar na parte inferior do canto esquerdo em #SoliciteOrçamento, ou pelo e-mail: fernando@vitrine.ind.br e pronto! Você passa as referências que precisa e nós corremos atrás.

Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, pode enviar um e-mail pra gente também ou acessar nossa página pelo  @Facebook - Vitrine Etiquetas.

Até breve!

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Francal 2014 - Calçados e Bolsas - Coleção Verão 2015 - Novidades da Moda!

Acesse o catálogo da VITRINE ETIQUETAS E ACESSÓRIOS:
http://www.vitrine.ind.br

A Francal expõe as novidades da coleção primavera/verão, que traz muitas estampas, listras e franjas. Outra tendência são os saltos baixos. Até as marcas de sapato mais famosas pelos modelos altos aderiram aos mais baixos.
http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/v/maior-feira-de-calcados-e-bolsas-do-pais-chega-a-sao-paulo/3501368/

...neste ano, os fabricantes investiram no conforto dos pés. Para as mulheres, agora tem salto com amortecedor, e para os homens, os sapatos ficaram muito mais leves.
http://globotv.globo.com/rede-globo/sptv-2a-edicao/v/comeca-a-francal-a-maior-feira-de-calcados-do-pais/3499605/

Uma das maiores feiras calçadistas do país, a Francal apresenta as novidades do setor.
http://globotv.globo.com/eptv-sp/bom-dia-cidade-ribeirao-preto/v/comeca-feira-de-calcados-em-sao-paulo/3500411/

Indústrias de Franca (SP) preparam surpresas para a Francal, uma das principais feiras de sapatos do Brasil
http://globotv.globo.com/eptv-sp/jornal-da-eptv-2a-edicao-sao-carlosararaquara/v/industrias-de-franca-sp-preparam-surpresas-para-a-francal/3493971/

Acesse o site da Francal 2014:
http://www.feirafrancal.com.br/2014/



terça-feira, 8 de julho de 2014

Chinelos mais uma vez!!! #chinelos


Olá Leitores!
Hoje vamos falar de mais um componente nosso que pode ser usados nos Chinelos.

Já falamos das Etiquetas com nomes personalizados, com sua logomarca;
também mostramos alguns exemplos dos Enfeites Manuais que podem ser usados;
e agora é a vez das ETIQUETAS EMBORRACHADAS que dão um charme todo especial!
Você pode separar por temas se quiser, possuímos grande quantidade de produtos (bichinhos, carrinhos, bonequinhos, entre outros...) pra ser aplicado na tira de chinelo, como os exemplos que vou mostrar logo mais; ou pode mandar a sua arte para que transformemos ela em borracha!

Abaixo, eis alguns modelos que temos na Vitrine Etiquetas para se inspirar:

                                                                          www.vitrine.ind.br

Caso se interesse por algum e queira ver mais opções,
entre em contato com fernando@vitrine.ind.br



quinta-feira, 3 de julho de 2014

Chaveiros Personalizados

Quem diz que não tem um chaveiro personalizado no jogo de chaves está mentindo!
Posso dizer que todo mundo sempre procura algum chaveiro, independente do modelo pra personalizar o jogo de chaves, o puxador de zíper da bolsa, colecionar e por aí vai...
Alguns escolhem os mais tradicionais feitos de couro manualmente, outros feitos de feltro, cordas, metais marcados...

... mas hoje vamos mostrar alguns chaveiros que produzimos aqui na Vitrine Etiquetas e Acessórios. 

Vale à pena conferir!

1.Veja alguns Chaveiros fabricados em material nobre emborrachado com personalização de acordo com o que o cliente deseja.


2. Também fabricamos Chaveiros Personalizados para abrir tampas de garrafas.


3. Estes Chaveiros são Personalizados no formato estilo "yo-yo", dando para colocar a sua marca nos dois lados.

4. Estes Chaveiros Personalizados de motivo Cristão são fabricados em material emborrachado.

E aí, gostaram?

segunda-feira, 30 de junho de 2014

*** Etiquetas para as Tiras de Chinelos Slim e Tradicional ***


Em tempo de copa do mundo nada como personalizar e diferenciar as tiras dos chinelos com as etiquetas dos países participantes.
Fabricamos de qualquer país ou símbolo.
Entre em contato conosco!!!
www.vitrine.ind.br
e-mail: fernando@vitrine.ind.br
Fone: 55 (18) 3642-4452


                           Etiquetas para Tiras de Chinelos